01 fevereiro 2012

Pensando...

Nada nessa vida é de graça, tudo tem um preço, e as vezes ele não é barato.
Tenho pensado muito na cirurgia, mas muito mesmo.
Dia 08 agora é minha endoscopia, e eu tô ansiosa, fico ansiosa com coisas pequenas, coisas grandes, coisas que pra muitas pessoas parece não ter importância, mas que pra mim tem.

E botando a mufa pra funcionar tenho pensado tanto no pós operatório, mas não em mim, e sim na minha pequena Yasmin.
Esse mês a baixinha faz 1 ano, passou tão rápido...
Ela é uma garotinha extremamente saudavél, feliz, ativa, no peso adequado para a idade dela, mas sinceramente o que me preocupa é o fato dela não parar um segundo.

Sim, ela é uma criança, e isso faz com que ela não pare um segundo sequer, e isso me preocupa muito, pq penso na minha pessoa operada, tendo que se recuperar com uma menininha serelepe de um lado para o outro.

Nunca pensei em adiar a cirurgia, quando for marcada eu farei e pronto, a sáude da gente não espera, muito pelo contrário, mu corpo grita por sáude, por uma qualidade de vida melhor, mas confesso que não consigo não pensar nisso.

Pra quem tem filhos pequenos e operou, é difícil a recuperação com criança em casa, mesmo tendo ajuda da mamãe e do super marido no dia dia para a recuperação?

Nossa, são tantas dúvidas ...

2 comentários:

Buscando a total felicidade disse...

Oi Julia! Obrigada por suas palavras, obrigada pelo carinho, tá? Então vim aqui retribuir no seu cantinho... rsrs
Vc me perguntou sobre a questão de operar com filho(a) pequeno(a).
Eu tenho uma menina de 2 anos e 9 meses. Vou te dizer que foi tranquilo por que fiz por videolaparoscopia e foi no período de férias do meu esposo e fomos todos para a praia. Marido cuidou da Gabriela.
Claro que para mim foi mais tranquilo por que a Gabi não usa fraldas, toma leite só pela manhã e noite, enfim... Você tendo mais alguém que ajude, pelo menos nas coisas da casa, ótimo. Agora é hora de você pensar em você e esquecer que tem coisas para serem feitas. Cuidar que na hora da alimentação deves estar em ambiente tranquilo. As vezes era difícil com a Gabi por isso... Ela não para quieta um minutoooo! Ainda mais que estava junto com os seus avós que deixam tudo.
Vc fará por video? É muito tranquilo.
Obrigada por me seguir. Estou te seguindo também. Podes perguntar o que querer, ok?
Bjs

Ana Paula disse...

Oi minha flor...
Amei o seu comentário, obrigada...viu?
Quando tiver dúvidas, não exite em perguntar, ok?
Então, não tenho filhos! A minha recuperação foi bem tranquila, como estou ainda na minha sogra, ela cuidou muito bem de mim, graças a Deus...
Bjs e boa sorte.

Postar um comentário